Arquivo de etiquetas: passeios

6

Peixe Migrador no Fluviário de Mora

AR LIVRE 24 Maio’14  | SÁBADO ● 14h00 às 19h00 ●  @Fluviário de Mora ● M/3 ●

Aqui está um bom pretexto para fugir de Lisboa e ir até Mora.

No dia 24 de Maio, a Sciaena – Associação de Ciências Marinhas e Cooperação e o Fluviário de Mora festejam o lema de todos os Peixes Migradores - “Rio e Mar, há ir e voltar”

Tratam-se dos peixes que não têm fronteiras dentro do meio aquático – salmão, esturjão, enguia, sável, savelha, lampreia e de muitos outros, que fazem dos rios e oceano o seu mundo.

-Sabia que a enguia-europeia percorre uma distância de quase 6000km para desovar?

-Que existiu esturjão nos rios de Portugal?

-Que o meixão que entra nos nossos estuários atravessou o Atlântico durante cerca de 3 anos?

-Que a lampreia que sobe o rio para desovar já não se alimenta?

-Que nem todos os peixes migradores morrem após a desova?

-Estas e muitas outras curiosidades estarão em exposição neste dia 24 de Maio, em Mora.

Infelizmente, as ameaças a estas espécies são muitas e diversas.

O declínio que enfrentam é uma realidade assustadora. O que pode fazer? Conhecê-las! Para que a expressão Criticamente em Perigoe Extinto deixe de fazer parte do vocabulário que empregamos quando nos referimos a estes animais, venha visitar-nos e participe!

PROGRAMA
- 14h00 | Auditório do Fluviário de Mora
Viagem ao mundo dos contos e das histórias, por Joaninha Duarte da ESEI Maria Ulrich;

- 16H00 | Passadiço de madeira ao longo da Ribeira da Raia
Caminhada pedestre “Caminhar pelo Peixe Migrador”. O local de encontro é no átrio, junto à entrada do Fluviário de Mora;

- Ao longo do dia serão exibidos documentários e filmes sobre os peixes migradores no auditório do Fluviário de Mora e no CIAmb;

- E também decorrerá a actividade “Rio e Mar, há Ir e Voltar” durante todo o dia, no exterior, mesmo ao lado do Fluviário de Mora.

As actividades são gratuitas para todo o público. Participe gratuitamente nas actividades do Dia do Peixe Migrador e visite o Fluviário de Mora mediante a aquisição de bilhetes. Bom Dia do Peixe Migrador.

6_Anilhagem_creditos_PSML_Ines_Moreira

Celebração do dia Internacional da Biodiversidade

ATIVIDADE   de 17 Maio’14 a 25 Maio’14 | Ver programa @Parques de Sintra ● M/5 ● Gratuito

De 17 a 25 de maio a Parques de Sintra, através do Projeto BIO+Sintra, junta-se ao evento “Pé n’A Terra”, organizando atividades que celebram o Dia Internacional da Biodiversidade. Assim, terão lugar um workshop de anilhagem e comedouros para aves, passeios temáticos para conhecer os líquenes do Parque de Monserrate, os anfíbios do Parque da Pena e as plantas do Convento dos Capuchos.

9_Floresta_creditos_PSML_Emigus

As atividades são gratuitas, mediante inscrição prévia, e dirigidas ao público em geral, tendo como objetivo sensibilizar para a valorização e preservação da biodiversidade. Os participantes podem, assim, tomar contacto com diferentes grupos de valores naturais da Serra de Sintra, aprendendo a distinguir várias espécies e conhecendo a sua importância para o ecossistema, as ameaças a que estão sujeitas e as formas de contribuir para a sua preservação.

 1_Anfibios_creditos_Pedro_Alvito

PROGRAMA

 

17 Maio’14Sábado10h00Os Anfíbios do Parque da Pena 18 Maio’14

Esta atividade consistirá num passeio a pé pelo Parque da Pena, na Serra de Sintra, por um percurso que passa pelos principais lagos, tanques e linhas de água do local. Os participantes serão acompanhados por um técnico de educação ambiental que dará todas as explicações necessárias sobre os anfíbios e as principais ameaças a este grupo de animais. No final haverá construção de abrigos para os anfíbios utilizarem durante a época de estivação.

8_Floresta_creditos_PSML_Emigus

18 Maio’14Domingo10h00Os Líquenes do Parque de Monserrate

Ao longo de um passeio a pé pelo Parque de Monserrate, na Serra de Sintra, os participantes tomarão contacto com os líquenes: o que são e como distinguir os vários tipos? Qual é a sua importância no ecossistema? Esta atividade será guiada por um técnico de educação ambiental que ajudará a responder a estas e outras perguntas e dará todas as informações necessárias para que se possam identificar os vários líquenes que existem em Monserrate.

5_Liquenes_creditos_PSML_Ines_Moreira

24 Maio’14Sábado10h00Workshop de anilhagem e comedouros para aves

Durante esta atividade, os participantes poderão acompanhar todo o processo de anilhagem de aves, desde a colocação da anilha ao registo de todas a biometrias, recebendo explicações detalhadas sobre cada passo. Adicionalmente, aprenderão a distinguir as espécies capturadas e, sempre que possível, a determinar o sexo e idade das aves. Na segunda parte do workshop serão dadas a conhecer formas fáceis e divertidas de aumentar a disponibilidade de alimento para as aves, através da disponibilização de vários tipos de materiais, adequados à faixa etária, para construção de vários tipos de comedouros, que depois se colocarão no espaço exterior.

7_Anilhagem_creditos_Rita_Moreira

25 Maio’14Domingo10h00As Plantas do Convento dos Capuchos 
Percurso pedestre na mata do Convento dos Capuchos com identificação das principais espécies de plantas presentes. Os participantes serão guiados por um técnico de educação ambiental que prestará toda a informação sobre a flora da Serra de Sintra e ajudará na identificação dos exemplares observados. Será dado especial relevo à importância da Floresta Relíquia como valor natural destacado pelo Projeto BIO+Sintra.

3_Anfibios_creditos_PSML_Ines_Moreira

 

  • Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A. ● Parque de Monserrate 2710-405 Sintra
  • www.parquesdesintra.pt ●www.facebook.com/parquesdesintra●

Sobre o BIO+Sintra
O Projeto “BIO+Sintra – Redução da pegada de carbono, uma contribuição para valorizar a biodiversidade em Sintra” tem como objetivo a implementação de uma experiência piloto na Paisagem Cultural de Sintra, que possa ser reprodutível noutros locais, e que resulte em mudanças de atitudes com vista à redução das emissões de carbono nas atividades do dia-a-dia. As ações desenvolvidas no âmbito do projeto centram-se na área tutelada pela Parques de Sintra – Monte da Lua, que consiste em 40% da área listada pela UNESCO como Património da Humanidade, o correspondente a aproximadamente 946 hectares.

Sobre a Parques de Sintra – Monte da Lua
A Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. A sua criação teve como objetivo reunir as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização da Paisagem Cultural de Sintra, e o Estado Português entregou-lhe a gestão das suas principais propriedades na zona.

Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2013, os valores naturais e culturais que a PSML gere (Parque e Palácio da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 1.700.000 visitas, mais de 90% das quais por parte de estrangeiros.

São acionistas da PSML o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

 

walentina-topo

10 aventuras de sonho para fugir da rotina com os miúdos

Apetece-lhe pegar nos miúdos e fugir da rotina?

Parta à aventura!

Portugal tem tanto por descobrir: pegue no mapa, escolha uma área geográfica, nem que seja a 5 minutos da sua residência, e descubra!

Preparativos:
registe-se nos mais diversos sites de alojamento e aproveite as promoções. Vai ver que existem campanhas fantásticas todos os fins-de-semana!

Não se esqueça da máquina fotográfica.

Em viagem:
Peça aos miúdos para anotarem no mapa os sítios que vão conhecendo. Para eles é sempre divertido e é pedagógico! A geografia agradece.

Desligue o telemóvel, o tablet … desligue-se e a si e aos miúdos! Todos sem tecnologia. Será que consegue? É difícil mas tente!

Escolha uma aventura:

1. Dormir num moinho!
Já experimentou? Tem que experimentar! Há moinhos por todo o país e uma noite no moinho pode ser um momento de romance a dois ou um grande divertimento em família: dos mais rústicos aos 360º, com vistas deslumbrantes, encontra de tudo! É só procurar! E com preços bem competitivos! Para os miúdos é uma experiência inesquecível.

2. Subir a serra!
Portugal tem imensas paisagens fantásticas perto de qualquer localidade. Veja qual a serra mais perto de si e subam a serra: andem, descubram a Primavera, façam os trilhos indicados, fotografem, ou então, aproveitem apenas para esvaziar os pensamentos e sentir o poder relaxante da natureza.

3. Seguir um rio!
Escolha um rio e sigam o seu trilho da nascente até à foz! Imagine o Mondego, da Serra da Estrela à Figueira da Foz, encontra a beleza da montanha, a cidade de Coimbra com a sua história, os arrozais de Verride, a praia em Buarcos… Num fim-de-semana ou num só dia, consegue fazer um percurso fantástico, com atracções para todos os gostos: da gastronomia, aos museus, passando pelo sol … Tudo aqui tão perto!

4. Visitar um Parque Temático!
São tantos e tão diferentes. Com os miúdos, a opção pelos animais é sempre certa! Lousã, Lisboa, Gaia, Alentejo… de Norte a Sul, não tem desculpa! Passe um dia no Jardim Zoológico!

5. Atirar-se à água!
A água satisfaz os mais diferentes gostos. Num parque aquático encontra a adrenalina máxima ou simplesmente relaxa junto à piscina. As opções também já são imensas por todo o país. Tenha em atenção a segurança e passe um dia extraordinário!

6. Navegar na cidade!
A pé, de bicicleta ou de transportes públicos, deixe o carro em casa e desfrute a cidade: os museus, os cinemas, os teatros, as lojas, as esplanadas, os terraços, os jardins … a cidade tem tanto prazer para lhe oferecer!

7. Apanhar o barco!
Nos rios, nas rias, nas ilhas, no mar, Portugal oferece-lhe diversas formas de embarcar, por uma tarde, um dia ou uma semana. Deixem-se embalar pelas águas e aproveite a beleza das paisagens, do Douro, ao Farol, passando por Lisboa. Já não tem desculpa! Há sempre um passeio de barco perto de si!

8. Passear na praia!
A praia não é só toalha estendida e um enorme escaldão. Vão à praia mais cedo e comecem com uma caminhada revigorante logo pela manhã. Aproveitem as horas e os minutos! Ou então, opte pelo sunset tão na moda e desfrute de um pôr do sol como só cá temos! Sintam o aroma das dunas ou da maresia. Vivam a praia com os cinco sentidos!

9. Viver outra época.
Se o cansaço tomou conta de si, procure um sítio bem recolhido, sem carros, sem barulhos, sem horas… vai ver que os encontra para todas as bolsas. Descubra um Palace Hotel e viva noutro ritmo, por uns dias! Na segurança dos muros dos jardins, deixe que os miúdos se percam e explorem todos os recantos livremente. E faça só aquilo que lhe apetecer! É um direito seu! Aproveitem ao máximo!

10. Mimar-se no SPA. Este é o dia  só para si! Deixe os miúdos com o pai, a mãe, a tia, os avós, uns amigos e dedique um dia só a si. Pensa que é um luxo só para os outros? Desengane-se! Os Spa’s têm ofertas promocionais todos os dias. É só estar atento e aproveitar! O importante é reservar um dia só para si!

 

 
PATRÍCIA ERVILHA
Leiria,  licenciada em sociologia e pós graduada em psicologia social e organizacional.A escrita e o gosto pela escrita é antigo em mim. Gosto de escrever e ter motivos para escrever.